Razão de ser...

Razão de ser
Nesta cidade, cujo patrono é o ilustre poeta Bocage,
onde sempre existiu forte tradição poética,
com movimentos formais e informais de poetas e escritores,
faz todo o sentido a existência de uma Associação Cultural
que reúna os poetas numa "Casa da Poesia"
_________________________________
Objetivos da Casa (Consultar em rodapé)

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Tema - A Serra

” O mais difícil não é ir à Arrábida (…)
Difícil, difícil, é entendê-la (…); o que não há em toda a parte é a religiosidade que dá à Serra da Arrábida elevação e sentido. Sabe-se lá se o alor místico lhe vem da origem, se lho deixaram – inefável herança! – os franciscanos do seu Convento?…(…)
Quando, de rosado, começa a arroxear-se o horizonte, a Serra é um vulto de sombra parado a meio do silêncio.(…)

Se a Lua surgir, o mato começa a desenhar no chão arabescos que já sabemos ler;

(…) somos a grande porta que se fecha sobre a Serra para a Serra dormir, pela noite longa e azulada de Estrelas, na sua meditação que já dura séculos. (…)”

GAMA, Sebastião da, in O Segredo é Amar

Sem comentários:

Enviar um comentário