Razão de ser...

Razão de ser
Nesta cidade, cujo patrono é o ilustre poeta Bocage,
onde sempre existiu forte tradição poética,
com movimentos formais e informais de poetas e escritores,
faz todo o sentido a existência de uma Associação Cultural
que reúna os poetas numa "Casa da Poesia"
_________________________________
Objetivos da Casa (Consultar em rodapé)

quarta-feira, 18 de março de 2015

Tomada de posse

Após apresentação de listas, foi efetuada a votação no dia 14 de março na Casa da Poesia de Setubal, vencendo a lista A (única lista apresentada), pelo que neste mesmo dia, foi efetuada a tomada de posse dos Orgãos Sociais da Casa da Poesia de Setúbal, sendo que os mesmos estão definidos da seguinte forma:

Assembleia Geral:

Presidente - Maria Helena Mattos
Vice-presidente - Fernando Alagoa
Secretário - António Galrinho

Direção:

Presidente - Alexandrina Pereira
Vice-presidente - Maria Eduarda Gonçalves
Tesoureiro - Linda Neto
Secretário - Maria do Carmo Branco
Vogal - José Raposo
Vogal - João Reis Ribeiro
Vogal - Fernando Paulino
Vogal - Mauricia Teles
Vogal - Maria Dália Valerêgo


Conselho Fiscal:

Presidente - José António Chocolate
Secretário - Célia Peixinho
Relator - João Santiago



domingo, 8 de março de 2015

Dia Internacional da Mulher

8 de Março 2015
A Casa da Poesia de Setúbal saúda todas as Mulheres!





MULHER

Filha, irmã, tia, avó, esposa ou mãe
És o ombro amigo que a família tem.
Mesmo incompreendida
Mal amada ou mãe sofrida
És o esteio do lar
Sempre pronta a ajudar.

E até cá fora
Se o dever te chama
Deixas os filhos e o calor da cama
E cumpres porque és um pilar
Atenta para atuar.
Médica, professora ou costureira,
Telefonista, operária ou engenheira
És toda doação
A vitória do amor
Na palma da tua mão.

Hoje é o teu dia,
Mas a luz que irradias
É renúncia, paz, perdão
Sorriso, beijo, flor,
Dádiva de amor.
Mulher, todos , todos os dias.

                                              Maria Sol



domingo, 1 de março de 2015

Poesia em Cerimónia do Voluntariado Jovem






Na passada 5ª feira, 26 de fevereiro, teve lugar na Igreja do Convento de Jesus a assinatura de acordo de parceria entre o Instituto da Juventude e a Santa Casa da Misericórdia de Setúbal, no âmbito da ação Voluntariado Jovem, «Recados & Companhia».
A Casa da Poesia de Setúbal, correspondendo ao amável convite daquele Instituto, fez-se representar por José Raposo, que disse poesia de sua autoria, adequada ao contexto.
Louvável a iniciativa do Projeto solidário «Recados & Companhia», para o qual a Casa da Poesia de Setúbal  deseja o maior sucesso. Parabéns a todos os seus colaboradores!


Esperança

Quem me dera ter o mundo
Fechado na minha mão
Nem que fosse por um segundo
Eu faria desse mundo
Um mundo belo e diferente
Um mundo para toda a gente
Um mundo com amanhã
Com liberdade
Em que solidariedade não fosse palavra vã
Um mundo em que a criança
Fosse futuro
Fosse esperança.
     (...)

                       José Raposo