Razão de ser...

Razão de ser
Nesta cidade, cujo patrono é o ilustre poeta Bocage,
onde sempre existiu forte tradição poética,
com movimentos formais e informais de poetas e escritores,
faz todo o sentido a existência de uma Associação Cultural
que reúna os poetas numa "Casa da Poesia"
_________________________________
Objetivos da Casa (Consultar em rodapé)

domingo, 1 de março de 2015

Poesia em Cerimónia do Voluntariado Jovem






Na passada 5ª feira, 26 de fevereiro, teve lugar na Igreja do Convento de Jesus a assinatura de acordo de parceria entre o Instituto da Juventude e a Santa Casa da Misericórdia de Setúbal, no âmbito da ação Voluntariado Jovem, «Recados & Companhia».
A Casa da Poesia de Setúbal, correspondendo ao amável convite daquele Instituto, fez-se representar por José Raposo, que disse poesia de sua autoria, adequada ao contexto.
Louvável a iniciativa do Projeto solidário «Recados & Companhia», para o qual a Casa da Poesia de Setúbal  deseja o maior sucesso. Parabéns a todos os seus colaboradores!


Esperança

Quem me dera ter o mundo
Fechado na minha mão
Nem que fosse por um segundo
Eu faria desse mundo
Um mundo belo e diferente
Um mundo para toda a gente
Um mundo com amanhã
Com liberdade
Em que solidariedade não fosse palavra vã
Um mundo em que a criança
Fosse futuro
Fosse esperança.
     (...)

                       José Raposo

Sem comentários:

Enviar um comentário